TRADICIONAL PEREGRINAÇÃO A MARACAÍ REUNIU TRÊS VEZES MAIS QUE A POPULAÇÃO DA CIDADE NO ÚLTIMO FIM DE SEMANA DE AGOSTO

 

Publicado em: 26/08/2019 09:44 | Fonte/Agência: Prefeitura Municipal de Maracaí

Whatsapp

 

Nos dias 24 e 25 de agosto, a tradicional peregrinação a Maracaí chegou a sua 42ª edição. A cidade, que de acordo com o último CENSO do IBGE tem quase 14 mil habitantes, está cada vez mais preparada para receber aproximadamente o triplo deste número de pessoas na Festa do Menino da Tábua, principalmente nos últimos anos.

O comércio local, que recebe visitantes durante todo o ano, se intensifica, e próximo ao cemitério, tendas são montadas e toda a estrutura para venda de alimentos e dos mais diversos produtos durante os dois dias da Festa. O Cemitério Municipal, onde Antonio Marcelino está sepultado e no qual fica a Capela do Menino da Tábua e a Sala dos Milagres, hoje tem um portal, banheiros que atendem a 40 pessoas simultaneamente e com acessibilidade, cruzeiro, fonte, toda uma infraestrutura que oferece conforto aos visitantes.

A Igreja Católica faz um calendário especial durante o evento com mais missas para os romeiros católicos do evento, e a entrada da cidade próxima ao cemitério foi reestruturada para receber as centenas de ônibus que não precisam passar pelas ruas do acesso principal da cidade e tem um amplo espaço próximo ao local para estacionar.

A população da cidade acolhe os visitantes dando suporte e informações a quem visita Maracaí. Além disso, cerca de 600 pessoas trabalham dando apoio aos visitantes. Equipes da comissão organizadora da Festa do Menino da Tábua, Secretaria de Promoção e Assistência Social e SASSOM, Igreja Católica, atendimento médico no local, equipe de segurança, apoio de mais de 100 policiais militares, da concessionária da rodovia Raposo Tavares, CART, Polícia Rodoviária, brigadistas, bombeiros e Tiro de Guerra são alguns dos parceiros da Prefeitura Municipal na recepção.

Os motivos das visitas variam. A fé na intercessão de Antonio Marcelino, o Menino da Tábua, pagar uma promessa, fazer um pedido, conhecer a história do milagreiro e da cidade cantada nas músicas da dupla sertaneja Pardinho e Pardal.

O MENINO DA TÁBUA

Conhecido como o Menino da Tábua, Antônio Marcelino é uma personalidade religiosa de devoção popular brasileira que faleceu na cidade de Maracaí - SP. Vítima de uma doença que o impedia de andar e restringia seu crescimento, passou a maior parte da sua vida deitado sobre uma tábua. Segundo relatos de pessoas que conheceram Marcelino antes que este falecesse, em 1945, ele consumia apenas leite e água, não gostava de usar roupas e não deixava que forrassem sua tábua. Também se diz que nunca saía de casa e jamais viu a luz do sol.

Ainda em vida acreditava-se que o Menino da Tábua teria realizado vários milagres, como a cura de pessoas e animais doentes, e graças foram alcançadas por sua misteriosa intercessão. Antônio Marcelino faleceu no ano de 1945 e foi enterrado junto com sua tábua. Parte da popularidade alcançada pelo milagreiro se deve às canções gravadas pela dupla sertaneja Pardinho & Pardal. Em 1978 eles gravaram a música "O Menino de Tábua", a primeira de uma trilogia que ainda teria outras duas canções: "Os Milagres do Menino da Tábua" e "A Capela do Menino da Tábua".